Dia Mundial sem Tabaco: homem para de fumar com ajuda do CVS


No Dia Mundial sem Tabaco, 31 de maio, conheça a história impressionante de um homem que deixou de fumar com muita força de vontade e tratamento natural.

“Comecei a sentir o sabor dos alimentos”, comemora Nelson Rodrigues de Oliveira, que trabalha com serviços gerais em uma fazenda localizada em Jaraguari, MS. Com 55 anos de idade, Nelson passou 40 deles com um cigarro na boca. Há dois meses está sem fumar e se orgulha em contar que depois demédico tantos anos consegue saborear os alimentos, tem fôlego para correr, a autoestima aumentou e não sente mais vergonha do cheiro de fumaça que exalava. Esses foram apenas alguns dos benefícios que notou ao abandonar o vício.

Nelson não queria ser mais um na estatística da Organização Mundial da Saúde (OMS), que revela que cinco milhões de pessoas morrem no mundo por causa do cigarro todo ano. A OMS aponta ainda que o tabagismo é a principal causa de morte evitável no mundo e está associado a mais de 50 tipos de doenças, sendo responsável por 90% das mortes por câncer de pulmão.

Como a maioria dos fumantes, o ajudante de serviços gerais não conseguiu abandonar o vício sozinho, foi então que o seu chefe decidiu colocá-lo em um SPA médico em Campo Grande. Em 30 dias de tratamento e hospedado no Centro de Vida Saudável (CVS), Nelson foi submetido a um check-up de exames médicos. O paciente teve uma rotina repleta de atividades físicas, hidromassagem, banhos de assento, alimentação balanceada e vegetariana e terapias individual e em grupo. “O objetivo foi à desintoxicação, através de uma alimentação equilibrada, sem o uso de temperos fortes, bebidas gaseificadas e café, medidas que não provocam o estímulo ao uso do cigarro”, explicou a gerente do CVS, Lílian Oliveira.

“Eu fumava duas carteiras de cigarro por dia. Se eu ficasse duas horas sem fumar já passava mal. Foi uma transformação inacreditável, me sinto outra pessoa. Eu andava um pouco e ficava ofegante. Agora, consigo percorrer tranquilamente 10 quilômetros entre caminhada e corrida”, comemora. Ele credita o seu sucesso em parar com o vício em sua fé, força de vontade e ao tratamento que realizou no CVS. Nelson já retornou para casa e promete continuar firme na luta contra o vício. Neste dia Mundial sem Tabaco, ele deixa recado curto e direto: “nunca fume”.